6 de fevereiro de 2014

Projecto 04: Gamelão de Porcelana


O que é:
Gamelão de Porcelana é um instrumento que consiste num conjunto de peças de porcelana e que se pode tocar percutindo ou friccionando com um arco. Durante o projecto Opus Tutti construímos um "instrumento musical colectivo”/escultura sonora com centenas de peças de porcelana, faiança, grês e cristal para a performance Um Plácido Domingo, nos Jardins da Fundação Gulbenkian. Os resultados foram espantosos, o Gamelão de Porcelana e Cristal foi apresentado em vários outros contextos, e isso levou-nos a pensar em formas mais simples de poder levar a experiência a um número crescente de pessoas e a difundir os princípios que podem permitir que outras versões, mais simples, dessa ideia possam ser construídas. A ideia é basicamente reunir um conjunto de peças de porcelana ou faiança e organizá-las de forma a poderem facilmente ser tocadas. Algumas destas peças possuem frequências básicas muito marcantes e soam como as notas de alguns instrumentos musicais convencionais, outras apresentam conjuntos complexos de frequências e soam como sinos ou instrumentos electrónicos. Essas combinações permitem fazer e criar música de forma exploratória, criativa e sem necessidade de experiência musical formal. Por outro lado permite também desenvolver ideias inovadoras e sofisticadas do ponto de vista da composição musical. Este projecto ensina a fazer três versões do Gamelão de Porcelana, a super-fácil, a muito fácil e a fácil.

Como se faz:
Materiais e Ferramentas:
Para fazer um Gamelão de Porcelana precisa de peças de porcelana ou faiança e, consoante se trate da versão super-fácil, muito fácil ou fácil, de um conjunto de outros materiais e ferramentas.


A Versão Super-Fácil
   
Na Versão Super-Fácil as peças de porcelana dispõem-se numa superfície (por exemplo uma mesa), assentes sobre pedaços de esponja e o instrumento está pronto a ser tocado (com baquetas que podem ser construídas com pauzinhos chineses e rolhas de cortiça, ou batentes de portas, por exemplo). O tempo de construção é basicamente o de dispor as peças, poucos minutos. A escolha criteriosa das peças pode demorar obviamente um pouco mais, e pode ser muito facilitada se se tiver acesso a um armazém de comércio de louças, onde frequentemente há peças de segunda escolha que têm preços mutíssimo acessíveis (são peças com defeitos visuais, mas que soam como as peças perfeitas).



A Versão Muito Fácil
   
Na Versão Muito Fácil as peças estão suspensas numa estrutura. A suspensão das peças é o aspecto que pode complicar um pouco o projecto. Pode usar-se fio de algodão ou outro tipo mas a questão mais delicada é a furação das peças no centro ou a colocação de ventosas, para que o fio as possa suspender.

A furação de peças de cerâmica é um processo delicado e laborioso. As peças de faiança são bastante mais fáceis de furar do que as de porcelana, mas em qualquer dos casos devem usar-se baixas velocidades de rotação e deve-se ir arrefecendo a broca colocando água sobre o furo que se está a fazer.




Uma forma alternativa é a colocação de ventosas com silicone ou super-cola. O tempo de secagem deve ser de cerca de 24 h.

Uma vez que as peças estejam furadas ou possuam uma ventosa torna-se possível suspendê-las numa estrutura.

A estrutura pode ser mais ou menos simples de construir e nós apresentamos duas soluções possíveis, uma feita com caixas de madeira e um cabo de enxada, e uma outra, desmontável também, mas feita com um sistema de encaixes que é simples mas um pouco laborioso.



E pronto, a Versão Muito Fácil está pronta a ser usada.




A Versão Fácil
   
Na Versão Fácil as peças são fixadas com parafusos numa superfície de madeira. A peça não deve assentar directamente sobre a madeira mas sim sobre uma anilha ou batente de borracha.

A superfície de madeira que acolhe as peças pode ter muitas formas e ser montada também de várias maneiras. O modelo que se apresenta aqui é o mesmo que serviu de base a uma das versões muito-fáceis. As peças laterais da estrutura possuem  um encaixe que permite a montagem como as duas peças de encontro uma à outra. É uma solução interessante para duas pessoas.


E pronto, o Gamelão de Porcelana está pronto a ser usado. Estas fotos foram feitas nas proximidades da Vista Alegre, a nossa companheira de viagem nesta aventura.



Como se toca:
O Gamelão de Porcelana pode ser percutido com baquetas ou friccionado com arcos de violino, violoncelo, etc. 

Algumas composições originais:
   
   


Protocolo 
Este é um esquema para imprimir e ter ao pé de si quando estiver a fazer um Gamelão de Porcelana.

Clique aqui para descarregar instruções de montagem.